19 de março de 2012

Resenha: ‘A Garota de Papel’ da Verus Editora

Boa noite meus queridos envenenados,

Hoje trago para vocês mais uma resenha deliciosa e cheia de surpresas!!

Eu digo cheia de surpresas, porque a Editora Verus sempre faz isso comigo… Me envia livros que eu desconheço o autor, o nome e a procedência e quando leio… fico assim gamada e super fã!!

Isso aconteceu com alguns livros até agora.

O primeiro foi o livro ‘Amor de Redenção’ que foi para mim o melhor livro que li no ano passado…

O segundo foi o livro ‘A Guardiã da Minha Irmã’ que mexeu com o meu lado emocional e me deixou mais ainda apaixonada pela minha família…

O terceiro foi o livro ‘Quarto’ que me revoltou ao máximo e me fez pensar como as pessoas apesar dos males da vida conseguem se reconstruir e buscar a felicidade…

E agora eu recebo, no aconchego do meu lar, um super pacote contendo dentro o livro 
‘A Garota de Papel’!

Expectativa e frio na barriga acompanharam minhas mãos ao abrir o pacote da Editora que continha um ARC (Em inglês, sigla usada para designar uma cópia avançada para leitura e/ou análise/resenha antes de o livro ser lançado propriamente dito – A sigla quer dizer: Advanced Reader’s Copy) do livro.

Isso por si só já me deixou intrigada e super curiosa! Receber a “boneca” do livro é um privilégio maravilhoso e não me fiz de rogada ao começar imediatamente a leitura.

Então… vamos a resenha!!

a-garota-de-papel

A Garota de Papel
Autor: Guillaume Musso
Editora: Verus
Páginas: 348
ISBN: 8576861585
Publicação: 2012







Sinopse:

A garota de papel conta a história de Tom Boyd, o escritor do momento.
Os dois primeiros volumes de sua Trilogia dos anjos já venderam milhões de exemplares e colecionam fãs no mundo inteiro. Mas, ao perder seu grande amor, Tom cai em uma profunda crise criativa e se sente incapaz de escrever uma única linha do esperado último livro da trilogia, recorrendo à bebida e às drogas para aliviar sua dor.
Certa noite, uma misteriosa mulher aparece em sua casa e afirma ser Billie, personagem de seus romances, caída da página do livro para o mundo real por causa de um erro de impressão no segundo volume da trilogia.
Se Tom não voltar a escrever, ela morrerá. Juntos, eles saem em uma fabulosa jornada ao longo das costas californiana e mexicana para tentar recuperar o amor perdido de Tom e, assim, sua inspiração. O que ele nem desconfia, porém, é que o destino é caprichoso e talvez as coisas não sejam como ele imagina...
A garota de papel é uma história de amor e suspense que transcende a ficção, uma aventura romântica e bem-humorada que se desenrola no encontro entre o real, o imaginário e o fantástico.



O autor Guillaume é brilhante! Este é o primeiro comentário que gostaria de fazer!

Ele começa a trajetória do livro nos apresentando, através de notícia retiradas de jornais e sites de fofoca da internet, o personagem principal e sua trajetória meteórica como um escritor de sucesso!

É também através destas pequenas notícias que ficamos sabendo que Tom Boyd nasceu e cresceu em um bairro ‘barra pesada’, que sempre foi pobre e que sua infância não foi nada fácil. Apesar de poucas oportunidades, ele consegue ‘se tornar alguém na vida’ fazendo sucesso como professor e depois como escritor. Ao sair da vida pobre, Tom leva com ele seus dois melhores amigos, Carole e Milo.

Na verdade, depois de escrever os dois livros da sua Trilogia dos Anjos, Tom se transforma na Stephanie Meyer de calças. É ovacionado por milhares de fãs que leram suas obras e tiveram suas vidas modificadas depois disso.

E quando a vida andava boa, ela ficou definitivamente perfeita quando Tom conhece o amor de sua vida. Aurore é uma famosa pianista francesa, que além de linda é independente, adora viver uma vida boêmia.

Os dois se entregam a uma paixão avassaladora! Para Tom o romance iria durar a vida toda, mas para Aurore o romance não passou de uma aventura interessante e dá um pé na bunda de Tom.

E é depois deste chute fenomenal que a história realmente começa… já que Tom se entrega a uma depressão e passa o dia inteiro bebendo e tomando remédios variados.

Ele está no fundo do poço… e de cabeça para baixo… sua vida financeira vai pro ralo e seus fãs começam a ficar irritados!

Pois é, com esta deprê toda Tom não consegue nem pensar em escrever o último volume da sua trilogia que já tem data para ser lançado, mas nenhuma linha escrita.

Isso é o pesadelo de todo fã!! Afffff…

Enquanto escrevo esta introdução não consigo parar de sorrir ao lembrar a forma como o autor escreveu toda esta tragédia… ele é fantástico! A escrita é brilhantemente leve e divertida! Ele faz comparações interessantes com a vida de celebridades verdadeiras, faz referências a cidades e até ao Brasil e brinca com clichês que a gente já viu, leu, ouviu e que estão presentes em filmes, livros e até em músicas!

E no desastre total e iminente… a salvação do nosso querido autor falido, depressivo e nada criativo… surge através de uma de suas personagens!

Billie, a tal garota de papel, ‘cai’ do segundo livro do autor, devido a um erro gráfico e vem para a vida real salvar seu criador!
“- Eu caí.- Caiu de onde?- De um livro. Da sua história, caramba!Olhei para ela incrédulo, sem compreender uma única e maldita palavra de seus devaneios.- Caí de uma linha, no meio da frase inacabada (...)”

E aí que você não pára de rir!

É na relação entre Tom e Billie que você se aprofunda na trama da história e conhece de verdade quem é Tom e porque ele escreveu a Trilogia… e para quem! Eu chorei quando descobri!

Você também acaba se apaixonando pelos outros personagens da história, os amigos de Tom: Carole e Milo! Eles tem um papel fundamental na narrativa e o laço de amizade entre os três é comovente e emocionante!

Definitivamente, fiquei encantada com a escrita de Guillaume! É impossível largar o livro… a gente quer saber se essa tal de Billie é de verdade… se Tom vai sair da deprê… se ele vai reconquistar Aurore… se ele vai escrever o último volume da Trilogia… se ele vai revelar os segredos que vão surgindo na história… e se ele não vai ser atacado por um fã enlouquecido e revoltado!! rs

O livro apresenta váááááááárrriiiiiiiaaaaaaasssss REVIRAVOLTAS inesperadas e o final me deixou de boca aberta!

Juro para vocês, que se este livro não tivesse vindo parar em minhas mãos… eu nunca iria comprá-lo. Pois, a capa e a sinopse não preparam e não instigam você a se aventurar por suas páginas. 

O que é uma pena, pois ele vale muito a pena ser lido e recomendado. Aliás, já falei tato dele por aí… que hoje encontrei lá na escola duas pessoas com ele nas mãos!! rs

Podem se aventurar pela escrita deste autor francês maravilhoso! 

Eu garanto!

Destaque especial para TODAS as citações feitas no início de cada capítulo do livro!
“De que servem os livros se não nosconduzem à vida, se não nos fazemdela beber com mais avidez?” ― Henry Miller
Lembram das referências famosas que eu falei lá no meio da resenha? Se você é curioso e gosta de brincar… ao ler o livro…


Procurem por: Kings of Leon, Harry Potter, Crepúsculo, Quentin Tarantino, Stephen King, Shakespeare, Polaroid, 
La Bamba, Hugh Laurie, Elvis, 
Bonnie & Clyde, Pulp Fiction, Henry & June, Snoop Dogg, Malibu Colony, Stieg Larsson, Laurence da Arábia, Bugatti, Blackberry,
Dr. House, iPhone, Fiat 500 da década de 1960, Restaurante Hi jade, la Luna…

Beijocas,

8 comentários:

  1. Ai G ZUIZ

    Pianistas mexe comigo, depois essa paixão quando se está no fundo do poço...hum...adoroooooooo
    Não conhecia esse livro, o título é ótimo pelo visto já que de acordo com sua resenha ela é frágil ....e referências eu amo...sempre curti conhecimentos gerais embutidos nos livros.
    Não conhecia o autor mas pelo visto ele é TDB ne!

    Parabéns pela resenha, pelo que vc passou dá vontade de ler hoje, ou melhor...ontem
    Tão bom quando lemos um livro que nos agrada pq fica a sensação de tempo não perdido...louca p conhecer a relação de TOM & BILLIE <3!

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Uau, adorei a resenha e já coloquei na minha estante do skoob como um livro desejado. Tá na lista de futuras aquisições!!!!

    Abraços!
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha e essa originalidade de um personagem literalmente cais de uma frase do livro! Deve ser muito engraçado! Aliás, deve ter de tudo nesse livro... Adorei de verdade e não conhecia!

    ResponderExcluir
  4. uau, gostei, parece ser diferente e divertido

    ResponderExcluir
  5. Vim aqui depois de ler a resenha de O chamado do Anjo e deuses esse autor parece ser mais que maravilhoso! Preciso muito conhecê-lo melhor..sou apaixonada por livros de romance e suspense/mistério *--* e vc com sua resenha me deixa mais curiosa ainda hehe bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu acabei de ler esse livro e ele é simplesmente sensacional!
    Ele se resumi em uma palavra: Incrível!
    E concordo com você, quem vê a capa do livro o juga mal, mas quando começa a ler, vê como a mente do escritor é simplesmente brilhante, vai vendo como é o desenrolar da estória e vai cada vez mais se aprofundando e amando!
    Também amei a forma como o escritor "trata" os personagens secundários e como de uma forma rápida, mas bem explicada, ele nos mostra um pouco da estória de cada um deles.
    Esse livro é fabuloso e foi o melhor tiro no escuro que já dei.
    Agora vou comprar outros livros desse autor de mente brilhante!

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados