12 de abril de 2012

Resenha de ‘Delírio’ da @Intrinseca


Boa noite envenenados…

Tem alguém aí sofrendo de amor?

Amando demais?

Revoltado com ele?

Bem… se você já experimentou o amor de alguma forma… você TEM que ler este livro! #Fato

Que livro?? Este aqui…

CapaDelirio-WEB1



Delírio


Autor: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 342
Ano: 2012
 
 
 
 
 
 
 
 Sinopse
          Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças.

          Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos.
          Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família.
          Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?
 FitaLateral
Resenha

          Você já imaginou viver num mundo sem amor? Num mundo onde ele é considerado uma doença e onde alguém pode ser exterminado caso o contraia??

          Eu não!

          Mas a nossa querida autora Lauren Oliver foi capaz desta proeza e escreveu um livro onde o amor é o personagem principal que causa todos os problemas e que é capaz de matar sem dó nem piedade.

          O amor pode te levar a loucura? A depressão? Ao desgosto? Ao ódio? A guerra?

          O governo, no livro Delírio, tem certeza que isso é possível e para proteger seus cidadãos decreta uma lei onde todos que chegarem a completar 18 anos deverão passar por um tratamento obrigatório erradicando assim o amor de suas vidas definitivamente.

          Livres do mal, todos são levados a creditar que viverão num mundo justo onde nunca sentirão o gosto amargo do sofrimento ou tampouco os sabores fortes da paixão.
 Todos serão felizes e estarão seguros para sempre!

          Todos acreditam piamente nisso… ninguém contesta que a ‘cura’ foi a melhor solução criada pelo governo para que todos vivam em paz, mesmo quando fatos estranhos acontecem e contradizem a balela inventada pelo governo.

          Nem todos são curados… o amor ou a doença chamada Deliria Nervosa, é capaz de ‘infectar’ novamente algumas pessoas que passam pela tal ‘intervenção’ e eles preferem amar do que virarem pessoas frias e sem paixão.

          É nesse contexto, para mim bem assustador, que conhecemos a protagonista desta história. Lena é uma garota de 17 anos que conta os dias para que a intervenção chegue logo e que ela possa ser uma pessoa curada e nunca fique ameaçada em sentir o amor em suas veias.

          Ela tem motivos mais do que de sobra para ter este pensamento. Sua mãe apesar de passar pela intervenção 4 vezes nunca conseguiu ficar curada do amor, ela celebrava o amor e o buscava. É claro que o final dela não foi nada bom…

          Assim, Lena se torna uma menina racional demais e como foi ensinado a ela na escola e na casa de sua tia, onde vive agora, o amor deliria nervosa afeta nossa mente, impedindo-nos de pensar com clareza ou tomar decisões racionais sobre nosso próprio bem-estar e ainda é capaz de desenvolver nas pessoas outras doenças bem sérias como: depressão, ansiedade, problemas cardíacos, hipertensão, insônia, transtorno bipolar, estresse e etc.

          Quem nunca sentiu algum deste sintomas enquanto estava amando??? rs #fato

          Bem, devo confessar que no início do livro a Lena é uma chata… certinha demais… careta demais… racional demais!

          Mas, felizmente, ela não permanece assim por muito tempo. Ela finalmente conhece um rapaz chamado Alex que vira seu mundo de cabeça para baixo e clareia e estremece sua racionalidade.

Agora, ela teme a intervenção e descobre que o amor realmente é perigoso, mas é delicioso senti-lo!

          É aí que o livro começa a ficar mais dinâmico e interessante… Lena se transforma, pois o amor nos dá forças para lutar no que acreditamos e nos dá esperança de um futuro melhor.

          Ela finalmente começa a enxergar a forma arbitrária com que o governo lidera e numa reviravolta louca da autora (eu adorei ela por isso), fatos impressionantes são revelados sobre a mãe de Lena fazendo com que a história tome um rumo diferente.

          O final do livro é dolorosamente lindo e eu chorei com toda a emoção descrita nele.

          Lauren nos presenteou com um livro bem introdutório em Delírio e nos deixou com alguns sintomas sérios de ‘deliria nervosa’ a espera do próximo livro… já que você fica ansioso e louco para ler a continuação chamada de Pandemônio.

          A Intrínseca gentilmente e intencionalmente coloca um trechinho do primeiro capítulo de Pandemônio no final de Delírio e este pequeno trecho já promete uma Lena forte e cheia de más intensões com o governo insolente! Yey!!!

          O livro é interessante e instigante… faz a gente pensar e repensar como o amor pode ser deturpado por alguns e desfrutado por outros!

          Eu espero sinceramente que você, que está lendo esta resenha, saiba desfrutar o amor e reconhecer que ele é uma dádiva linda!

          Não posso deixar de mencionar a beleza da capa que é magnífica… ela não é azul como parece na foto aí em cima, ela é azul metalizada… um show!!

Beijocas, 

24 comentários:

  1. Não li Delírio ainda, mas pela sinopse e por sua resenha, parece um assunto bem instigante. Essa onda das "distopias" dá muita coisa em que pensar e se caminhamos mesmo para um futuro como esses descritos nesses livros. Acho que a leitura de "Delírio" serve, no mínimo, para que valorizemos mais o amor ... em todas as suas formas.

    ResponderExcluir
  2. CHORANDO* eu quero tanto ler esse livro, mas tenho lido tanta gente falando que chorou no final que admito que estou com medo D:, mas sua resenha me incentivou a ler ainda mais esse livro, de qualquer forma assim que eu descolar um dinheiro ( e eu vou consegui nem que seja vendendo pera na feira) eu vou comprar :D, ah e sobre a capa da de 10 na americana muito muito linda mesmo *-*

    Beijos Fran - Sociedadedasleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu estou morrendo de vontade de ler esse livro...
    As vezes penso que um mundo sem amor seria um mundo sem decepções, mas depois paro e vejo que sem decepções não haveria crescimento...
    Eu já estava convencida a ler esse livro pela capa e sinopse, pelo que estava esperando da história... Depois de ler sua resenha, estou certa de que preciso ele o quanto antes!!!!
    Beijos
    Manu

    ResponderExcluir
  4. A capa deste livro é linda! A resenha ficou maravilhosa. A história me cativa... Essa onda de distopia tem nos presenteado com excelentes obras... Mas não sei se eu iria gostar deste livro... Mas leria se tiver a oportunidade...

    ResponderExcluir
  5. Desde que vi a capa no lançamento internacional eu fiquei querendo muito esse livro.
    O chato dessa capa é que ela só é perfeita e completa na versão Hard Cover em ingles, onde a parte escrita é a jacket vazada e a capa é o rosto inteiro... É muito perfeita!!!
    Esse livro entrou na minha lista de preciso com a capa!!!
    Agora, depois de ler sua resenha fiquei querendo ler ainda mais. É uma nova visão do amor e de como ele é necessário (ou não???). Bom que ele faz refletir e que ainda assim, com toda essa onda de "perfeição" que trazem as distopias ele ainda consegue emocionar. Preciso ler logo!!!!

    ResponderExcluir
  6. Sabe quando você pega um livro na mão mas fica com medo de comprar e não gostar???
    Esse foi assim....
    Acabei comprando outro no lugar desse e agora, ao ler sua resenha e os pontos que você levantou já vi que vou ter que ir atrás dele.
    Não posso ficar muito tempo longe dos blogs sem saber das novidades...rs

    ResponderExcluir
  7. Ah, mesmo antes da Intrínseca anunciar a publicação de Delírio, ele já estava na minha listinha de desejados... Acho que nunca li nenhum livro distópico, mas, não sei o por quê, esse chamou muito a minha atenção. Consegui ele numa troca no Skoob e estou ansiosíssima esperando ele chegar!

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  8. Estou paquerando esse livro na Saraiva... Agora gamei de vez e na segunda eu vou compra-lo com certeza! rs

    ResponderExcluir
  9. Estou muito curioso para ler esse livro, a capa já é mesmo muito linda e ainda com as resenhas que li sobre ele só aumenta a minha vontade, com a sua não foi diferente, mas ainda bem que vou comprá-lo essa semana!

    ResponderExcluir
  10. faz mo cota que ouvi falar desse livro
    gostei da resenha, Quero ler o livroo

    ResponderExcluir
  11. Um mundo sem amor, é como viver sem respirar, ou mesmo se emocionar sem chorar ou disparar seu coração.
    O livro tem uma temática nova, e com certeza eu vou ler em breve.

    Bjos
    Cida
    www.moonlightbooks.net

    ResponderExcluir
  12. Muito animada para ler o livro desde que vi que seria lançado. Comprei livro na pré-venda e comecei a ler. O começo realmente empolgou bastante, mas acho que perdeu o ritmo. Dei uma parada no livro para ler outro, mas depois vou continuar e espero que volte o mesmo ritmo que antes. Gostei bastante da estória e a capa do livro é linda.

    ResponderExcluir
  13. Dei uma lida geral apenas ... estou terminando de ler o livro ainda ... não sei se você sentiu isso Math mais achei muuito parecido com o livro Destino!!!!

    ResponderExcluir
  14. Por sorte a nossa realidade é bem diferente da do livro.
    Na minha opinião é melhor termos nossos momentos loucura, depressão e todo o resto do que vem com ele do que simplesmente não amar.
    E mesmo você descrevendo a Lena como uma personagem chata no começo da história, o bom é que ela muda e provavelmente o motivo é o amor.
    Quero muito ler esse livro. Obrigada pela resenha.
    Bjins. ^^

    ResponderExcluir
  15. Curti a resenha de Delirio, e vou confessar que achei muito interessante o nome do livro com a capa, pq delirio lembra algo muitas vezes extressantes que lembram cores fortes e tals e o livro é azul, o que passa sensação de paz e harmonia, achei muito legal
    Bj

    ResponderExcluir
  16. O único livro distópico que eu li foi Jogos vorazes e confesso que não sei se gosto dessa enxurrada de livros sobre o futuro horrível rs...Esse livro me chama atenção pq achar que o amor é ruim é mto estranho,na verdade o amor é a chave para tudo, o que é ruim é a paixão, mas enfim quero lê-lo pra ver o que concluo dele hehehe

    Miquilis
    Bruna costenaro

    ResponderExcluir
  17. Sim!!!! não sei como poderiamos viver sem amor *-* Eu estou inlove com esse livro simplesmente por que essa capa é tudo *___* e a história nem preciso comentar né rrsrsrsr Eu estou realmente louca para ler, acho que vou amar, já estou amando rsrsrrs Quero muito ler *-*

    ResponderExcluir
  18. Adoro os livros da Intrinseca. Já tinha lido a sinopse de Delírio e já tinha gostado, com a resenha de vocês me deu mais vontade de tê-los! Parabéns pelo blog, está ótimo!

    ResponderExcluir
  19. Ai Math, me identifiquei muito com este livro. A sua resenha acabou de mudar a minha vida! Preciso ler "Delírio", sério!

    Eu sou uma pessoa que sofre tanto por amor que chego a cogitar se, no meu caso, seria melhor fazer o tratamento e receber a cura. Eu queria ser menos besta mas não dá, sempre que me apaixono me iludo, aí tomo um pé na bunda e sofro. Aí tudo aquilo que você citou (depressão, ansiedade, problemas cardíacos, hipertensão, insônia, transtorno bipolar, estresse) acontece comigo! hahahahaha

    Claro que o amor é necessário! Não é pra ser radical e falar que é uma doença. Mas uma coisa é fato: que o amor pode matar, pode...

    Falando de coisa boa: a capa é divina mesmo!! Já vi em alguma livraria, e por si só já chama atenção! Linda linda!

    Beijocas!!
    Ingryd :)

    ResponderExcluir
  20. Eu conhecia Lauren Oliver apenas pelo "Before I Fall", livro que pessoalmente não me chamou a atenção. Maaaas assim que eu vi a capa do "Delírio" na livraria, senti que haveria alguma coisa diferente nele - não deu outra, essa história é distópica! *.* Ultimamente eu tenho apreciado muito mais histórias desse gênero do que romances e literatura fantástica. Assumo que estou ansiosa para lê-lo, e sua resenha só contribuiu para isso. Achei bonitinho o fato da Lena ficar mais forte depois de conhecer o boyzinho S2, rs.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  21. Nossa , estava super ansiosa para ler esse livro, ai quando o vi tão lindo e brilhante na Saraiva não resisti, e que bom que isso aconteceu, o livro é muito bom e estou louca por sua continuação, foi até engraçado pois quando comecei a lê-lo tinha acabado de ler Admiravel mundo novo, que foi escrito em 1900 e bolinha e tem tudo a ver com a questão so governo que a Lauren colocou no livro, por consequência amei os dois !!!

    ResponderExcluir
  22. Eu não consigo imaginar um mundo sem amor. Acho que só por isso o livro ja me ganhou. fiquei curioso!!!

    ResponderExcluir
  23. Estou louca pra ler esse livro. Livros distopicos estão tão na moda, mas até agora só li a trilogia de jogos vorazes e amei.
    Lendo a resenha e a sinopse me parece um pouco com destino, que odiei, mas acho que vou gostar um pouco mais desse livro.
    A capa é realmente linda, com esse azul metalico, mas acho aquele com a garota nas folhas muito mais bonita, eu acho.
    Espero ler muito em breve e vê quais os sintomas do amor, quero saber como são rsrsrsr

    ResponderExcluir
  24. O fato é que vocês me deixaram com água na boca por esse livro pode?!
    Adoro resenhas que mudam totalmente minha visão do livro!
    e quanto a capa ela pessoalmente é realmente MARAVILHOSA!

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados