2 de agosto de 2012

Resenha: ‘A Culpa é das Estrelas’ da @Intrinseca


untitled
A Culpa é das Estrelas

Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Ano: 2012
Sinopse:


Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13.
Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico.
Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

 

 
Estou olhando para a tela do computador, vendo o cursor piscar e pensando ‘como’ iniciar esta resenha…
Já compartilhei com vocês o quanto é difícil escrever sobre livros que ‘tocam’ demais em mim e como é difícil deixar transparecer em palavras todo o sentimento acumulado ao final de lê-los.
Com A Culpa é das Estrelas isso está acontecendo…
O livro é brilhantemente escrito e me cativou nas primeiras linhas!
Nunca tinha lido nada de John Green e fiquei extasiada com seu tom leve e divertido ao escrever sobre a realidade crua e pesada de uma doença triste e terrível.
A nossa sorte é que John não escreve sobre o câncer… ele escreve sobre vida, sobre sonhos, sobre amizade, companheirismo e sobre um amor infinito e verdadeiro.
Ele criou dois personagens lindos que já viveram situações difíceis em suas vidas e que são verdadeiros sobreviventes.
Hazel é a narradora desta história e a sua narrativa é divertida, cheia de existencialismo, sarcasmo e coragem. Tendo sobrevivido a um câncer que pode voltar a qualquer momento, tenta levar uma vida tranquila e sem muita ousadia, vendo programas na televisão e indo ao cinema com sua mãe de vez em quando.
Mas essa sua vida tranquila muda, quando sua mãe cai em si e percebe que Hazel não sai muito e não leva uma vida ‘normal’ (usar um cilindro de oxigênio e ter que carregá-lo para todo o canto não ajuda nem um pouco). Então, decide que a garota precisa de ‘amigos’ e a força a frequentar reuniões de um Grupo de Apoio, onde os sobreviventes desta doença se encontram e conversam sobre suas vidas.
Culpa1
É claro que Hazel detesta a ideia, mas vai mesmo assim e é lá… neste lugar nada agradável… que ela acaba conhecendo um garoto que vai abalar as estruturas do seu coração!
Augustos Waters é visitante no Grupo de apoio e seu charme, seu sorriso torto, seus olhos azuis e sua inteligência sagaz conquistam Hazel num piscar de olhos.
culpa2
Ele também é sobrevivente de um câncer e os dois começam uma amizade linda e cheia de nuances encantadoras que aos poucos se transforma em amor! <3
555742_3009052924676_359798427_n
Ao começarem seu relacionamento, Hazel logo ‘passa’ para Gus sua paixão pelos livros e um livro em particular os une mais do que podiam imaginar!!
culpa4
Gus, simplesmente passa a amar tudo em Hazel e esse amor os faz viajar para um pais desconhecido, em busca de um autor recluso e temperamental, onde além de perseguir um sonho eles irão compartilhar beijos, toques, romance, olhares, crenças e vida!
culpa3
 
Em vários momentos do livro tive vontade de abraçá-lo como se tivesse abraçando cada personagem!
O livro é um paradoxo mortal… ao mesmo tempo que a gente chora… a gente ri e se emociona!!
Lindo demais…
Maravilhosamente escrito…
Uma história de amor deliciosa e delicada!!
Esse é um livro pra gente dar de presente e compartilhar com quem a gente mais ama… a benção que é a vida!!
Beijocas,

6 comentários:

  1. Nossa Math o livro deve ser muito bom, vc passou muita emoção ao descreve-lo.
    Amei a resenha, principalmente as fotos das páginas do livro.
    Bjks envenenadas.
    Cla.

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus! Augustos é fofo demais. Adorei esses diálogos deles.
    O livro deve ser lindo, preciso muito ler. Ah, John Green tem vários livros que quero ler.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  3. Ouvi o pessoal falar tanto desse livro e a procura está tão grande que fiquei com medo de não gostar! Não li ainda, confio na sua resenha então ... PRECISO LER esse livro rs!!!

    ResponderExcluir
  4. Gente esse livro tem sido tão bem falado que quero muito ler ele.
    Math adorei os quotes que você postou dele *__* tão fofo.
    Parece ser aquele livro que deixa a gente fascinada pela história.
    Adorei a resenha!

    @Agda01

    ResponderExcluir
  5. Todo mundo amou esse livro, será qua a culpa disso é das estrelas, ou do autor que é maravilhoso?

    ResponderExcluir
  6. Li esse livro e fiquei com depressão pós livro: aquele momento em que você fica uma semana pensando nos personagens e querendo ser amigo deles; dar colo e saber como vai continuar depois de tudo o que você leu. Primeiro livro que li de John Green e espero ler outros, por que ele conseguiu passar a mensagem: - Ei a vida é curta, aproveita, porque você não sabe o que vai acontecer no segundo seguinte....o que ficam são os momentos bons. Recomendo o livro.
    Adorei a resenha, me emocionei....obrigada envenenadas.

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados