27 de agosto de 2012

Resenha: ‘Minha vida agora’ da @galerarecord

Minha-vida-agora







Minha vida agora

Título: Minha Vida Agora
Título Original: How I live Now
Autora: Meg Rosoff
Editora: Galera Record
Páginas: 175
Ano: 2012
 
 
 
 
 
 









Sinopse:
           Uma garota nova-iorquina de 15 anos desembarca na Inglaterra, enquanto uma nova grande guerra está prestes a começar, para passar uma temporada com a tia e quatro excêntricos primos totalmente desconhecidos.
          Na imensa casa de campo, longe da agitação de Manhattan e dos conflitos com a nova madrasta, grávida do bebê que pode lhe tirar o pouco que lhe resta do pai, Daisy descobrirá o amor, o desejo, a liberdade de um cotidiano sem adultos e o valor da amizade verdadeira.

FitaLateral


Resenha
          
VIDA, palavra composta de apenas quatro letras, mas que nos lança ao desafio de escolher entre dois polos completamente distintos, vê-la passar como mero expectador ou tomar as rédeas de nosso destino e vive-la intensamente tornando-a nossa sem demora.
        
Meg Rosoff nos encanta com seu livro de estreia, contando-nos uma grande parte da vida de Daisy, que se constata logo no início do livro, ser extremamente teimosa com muitas coisas, inclusive com seu próprio nome.
         
Daisy é uma adolescente nova iorquina que se encontra desgostosa com o rumo que está tomando sua história, por várias razões, sua mãe morreu quando ela nasceu; seu pai casou-se novamente e sua madrasta está grávida de um meio-irmão, que ela teme ocupar o restinho de atenção que sobra de seu pai. Nesse contexto ela embarca para o interior da Inglaterra na viagem que irá alterar o curso de sua existência.
          
Ao chegar ao velho mundo ela é surpreendida com a recepção de seu primo Edmond, que além do fato de buscá-la dirigindo um jipe velho, fugindo do estacionamento do aeroporto para não pagá-lo, fuma e tem apenas 14 anos. #chocada#
          
Ao chegar à fazenda onde vive sua tia, Daisy é apresentada aos outros primos, que se mostram tão incomuns e únicos quanto Edmond. Osbert o mais velho, Issac gêmeo de Edmond e Piper a caçula, que logo conquista a confiança da prima recém-chegada. Eles iniciam uma bela amizade, no entanto, Daisy e Edmond se entrelaçam um pouco além da amizade entre primos, e descobrem juntos o desejo, a paixão e o sexo, tudo contado com leveza e singularidade. Contudo o conflito que estava latente se inicia e a proporção do que está ocorrendo no mundo, chega até a bolha de felicidade criada por eles na fazenda, revelando todo o horror que a guerra submete os que nela são envolvidos.
         
 “A Calmaria Antes da Tempestade parecia ser o tipo certo de frase para aparecer na cabeça de uma pessoa naquela ocasião, independentemente do quão feliz eu estivesse no momento porque tendo em vista como a minha vida havia sido até então, eu tinha muita prática em não esperar que tudo saísse como no filme padrão para chorar de Hollywood, com a garota cega interpretada pela Esperançosa Pelo Oscar deste ano e o menino aleijado andando miraculosamente e todo mundo indo feliz para casa.” Pág. 34 e 35.
          
Um romance delicioso, divertido, envolvente e em alguns momentos cruelmente verdadeiros, porém permeado por tiradas fantásticas e bastante sarcásticas de nossa protagonista. Escrito como se fosse um diário o que dá um ritmo envolvente a narrativa, no entanto atenção, pois os diálogos não são marcados por travessão.
          
O livro está bem editado com pouquíssimas falhas de impressão, e a capa é de uma delicadeza típica da adolescência.
          
Em meio a algumas situações tristes e em outros momentos leves e divertidos “Minha Vida Agora” nos permite refletir sobre os caminhos que escolhemos e que definem nossas vidas.
          
Aproveite a leitura deste maravilhoso livro e torne-se confidente das aventuras e desventuras de Daisy e da descoberta de seu intenso desejo de reinventar sua VIDA.
         
 Beijos, Cla.DSC08964[6]
Clarice Julião


Mãe, esposa e leitora apaixonada.
Trabalha com gestão de trânsito e adora livros, filmes e a Saga Crepúsculo.
Seguidora do Envenenadas e agora é resenhista oficial do blog!

4 comentários:

  1. Pela capa parece algo tão diferente. Acho que nem ela nem o título fazem jus à história então. Gosto desse clima de descoberta, e gosto da ideia do entrelaçamento que essas histórias tem com a Guerra! Definitivamente vou procurar pra ler :)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. A-M-E-I. Sem mais!

    A Clarice conseguiu me deixar sem palavras. ;)


    http://www.ilusoesnoturnas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei a capa, e acho que gostaria de ler. Pela sua resenha é um livro para jovens, mas capaz de interessar a pessoas de todas as idades.

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados