1 de janeiro de 2013

Resenha: 'À Primeira Vista' da Arqueiro


À Primeira Vista



Autor: Nicholas Sparks

Editora: Arqueiro
Tradução: Simone Reisner
Páginas: 256
Ano: 2012


Sinopse


Jeremy Marsh tinha três certezas: jamais se mudaria de Nova York, não se apaixonaria novamente e nunca teria filhos.
Mas agora ele está prestes a se casar com Lexie Darnell e aguarda a chegada da primeira filha, enquanto conduz a reforma de sua nova casa na pequena cidade de Boone Creek, na Carolina do Norte.
Em meio a tantas mudanças, Jeremy luta para reencontrar o equilíbrio pessoal e profissional ao lado da mulher que o fez mudar todos os seus planos. Quando tudo parece estar entrando nos eixos, Jeremy recebe um misterioso e-mail que dá início a uma série de acontecimentos que irão testar a força dessa paixão.
Atormentado pela ideia de estar sendo traído, vivendo uma crise criativa que o impede de trabalhar e angustiado com a gestação complicada de Lexie, ele não poderia imaginar que o pior – e o melhor – ainda estava por vir.
À primeira vista captura toda a incerteza, a tensão e a angústia da vida desse jovem casal, mas também retrata o romantismo, o companheirismo, a descoberta e o amadurecimento que só o verdadeiro amor pode proporcionar.






“Só há duas maneiras de viver a vida: a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse milagre.”


“É preciso correr riscos. Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.”
(Na Margem do Rio Piedra Eu sentei e Chorei)


O que é milagre?

Nunca havia lido nada de Nicholas Sparks, assim, ainda não estava familiarizada com seu estilo quando comecei a entrar no mundo de À Primeira Vista, que começa com um questionamento  que eu mesma já fiz incontáveis vezes: “Será que de fato é possível amar alguém à primeira vista?

Bom, eu só me lembro de uma ocasião em que isso aconteceu comigo e posso sentir ainda hoje a sensação: foi quando a enfermeira trouxe um pacotinho de tecido que aquecia minha recém chegada ao mundo, Beatriz. Foi amor, paixão, compromisso, tudo à primeira vista; um elo que se criou, talvez como forma de substituir o cordão umbilical, mas só sei que não conseguia tirar os olhos dela, não acreditava que eu a tinha trazido ao mundo; apesar de tê-la carregado dentro de mim durante 8 meses (apressadinha como a mãe), de poder sentir seus movimentos, ela tomou forma em meus braços e, juro, até hoje, após 14 anos, ainda olho para ela com o mesmo amor daquele primeiro encontro. Chega a doer.

Então, sim, eu acredito que podemos amar alguém à primeira vista.

Mas aqui, na obra de Sparks pegamos carona nesse questionamento, e conhecemos parte da história de Jeremy Marsh e Lexie Darnell.

O livro já começa com a relação de ambos sendo resolvida, uma vez que estão prestes a se casar. Mas o que eu não imaginava, claro, como leitora de primeira viagem das histórias de Sparks, é que À Primeira Vista conta a sequência da história desse casal que se conheceu em O Milagre.

Jeremy é um cético colunista da revista Scientific American, que dedica-se a investigar fenômenos sobrenaturais. Uma de suas investigações o levam a Boone Creek, uma cidadezinha hospitaleira na Carolina do Norte, onde deve averiguar luzes fantasmagóricas que apareciam regularmente no cemitério local, para uma matéria importante para sua carreira.

Nessa tarefa a bibliotecária Lexie Darnell lhe dará apoio, mas também será a pessoa que fará com que tudo o que acredita, ou não acredita, mude definitivamente; ou seria melhor dizer: ele mudará totalmente.

Jeremy é um homem maduro, que já passou por muitas experiências em sua vida, por um casamento que não deu certo por várias razões – a mais forte de todas é o fato de ele não poder ter filhos.

Enfim, vamos acompanhando a mudança de Jeremy, que depois de assumir o  compromisso com Lexie, decide se mudar para Boone Creek definitivamente, para poder formar sua família, pois Lexie está grávida e a única solução que ambos vêem é se casar, já que estão irremediavelmente apaixonados.

Aqui começamos a destrinchar as grandes mudanças que Jeremy vai fazendo em sua vida: 1º - ele se apaixona; 2º - Lexie engravida; 3º - ele abandona Nova Iorque para sempre. Coisas que jamais pensou ser capaz de vivenciar.

Mas isso é apenas o começo, porque Jeremy terá de enfrentar as dúvidas e questionamentos que surgem devido à sua decisão “precoce” de se casar. Suas angústias só pioram quando e-mails anônimos semeiam dúvidas em sua relação com Lexie e todas as mudanças exigirão adaptações e amadurecimento.

O curioso é que quando comecei a escrever sobre À Primeira Vista, a única palavra que me rondava a mente era MILAGRE, pois sequer sabia da existência do livro anterior e, ainda assim sentia que havia algo mais. Mas o que é milagre, afinal?

Eis aqui uma palavra cujo significado pode ser muito pessoal
mi.la.gre – SM (lat miraculu) 1 Fato que se atribui a uma causa sobrenatural. 2 Teol. Algo de difícil e insólito, que ultrapassa o poder da natureza e a previsão dos espectadores (Santo Tomás). 3 Coisa admirável pela sua grandeza ou perfeição; maravilha. 4 Fato que, pela raridade, causa grande admiração. 5 Intervenção sobrenatural. 6 Efeito cuja causa escapa à razão humana. 7 pop Figura em madeira ou cera, oferecida aos santos, em cumprimento de um voto. Contar o milagre sem dizer o nome do santo: narrar um fato omitindo o nome da pessoa a que se refere, para evitar desgostos ou compromissos. Fazer milagre:praticar o impossível. (http://michaelis.uol.com.br/)

“O que você fez com a sopa não foi um milagre, foi um truque de mágica. Uma mãe solteira que trabalha em dois empregos, e ainda arruma tempo para levar seu filho para jogar futebol, isso é um milagre.” (Todo Poderoso)

“As pessoas esperam que Eu faça tudo por elas, mas não percebem que elas têm o poder. Você quer um milagre? Seja um milagre.” (Todo Poderoso)

Jeremy consegue ser seu milagre e o realiza todos os dias de sua vida, e nos mostra que isso é possível.

Afinal milagres acontecem a todo momento, nós é que somos soberbos e queremos grandes eventos com trombetas, raios, relâmpagos ou inundações para anunciá-los.

À Primeira Vista é uma rica lição de amor, tolerância, conquistas e prova de que vale a pena abrir mão do EU para nos tornarmos NÓS. É um livro escrito por um homem, com o olhar de um homem e que consegue passar doçura, sem ser piegas. Uma história de amor escrita por um homem, mostrando as angústias de um homem – achei isso muito legal – e suas lutas internas para conquistar seus próprios milagres.

Quer ler a resenha de O Milagre? Clique aqui!

Um grande beijo e até a próxima.

Tania Lima

12 comentários:

  1. Oi Tania! Adorei sua resenha, foi muito bem-elaborada e realmente me instigou a ler o livro. Já outras obras de Nicholas Sparks - A Última Música e Querido John - e recomendo a leitura! (:
    Abraços,
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  2. Que fofa, Gislaine!
    Obrigada, fico feliz por ter gostado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Parabéns amiga, por sua primeira resenha, ficou ótima. Conseguiu nos passar o que sentiu ao ler o livro e nos fazer ter vontade de ler para conferir. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lia!
      Confesso que não é o tipo de leitura que me prende, mas dá para aprende muito sobre vida a dois, em termos de tolerância, paciência, parceria!
      Obrigada, mais uma vez, minha querida, por sua presença aqui!
      FELIZ ANO NOVO, LINDA!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Bom dia, Rose!
      Leia sim, eu recomendo - livro adorável que nos incita à reflexão.
      Beijos
      Tania

      Excluir
  5. Viajei nessa história em saber que um homem está por trás de tudo isso já é um milagre... kkk brincadeiras a parte realmente defendo a tese que o Milagre assim como a felicidade depende de nós e não está associado a grandes acontecimentos. É nós pequeninos detalhes do nosso dia-a-dia que eles estão lá fazendo valer.

    Feliz 2013!! beijão "-_-"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo, Léia!
      Nós é que somos responsáveis pela nossa felicidade
      Bom te ver por aqui, querida!
      Feliz 2013 pra ti também!
      Beijos
      Tania

      Excluir
  6. Minha linda, ainda não li nenhum livro de Nicholas Sparks, mas já vi filmes baseados em seus livros: "Diário de uma paixão", "Um amor para recordar", "Querido John", "A última música". Apesar de ter achado os filmes bonzinhos, não me animei. Como tudo na vida é uma experiência, vou ler estes dois: "O Milagre" e "À primeira vista". Como suas indicações são ótimas... IAN não me deixa mentir.
    Beijos, amada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Profa. Jussara,
      de fato as histórias de Sparks não fazem parte da minha lista de preferidos.
      Como disse, À Primeira Vista, foi o primeiro. O que me chamou a atenção neste texto foi as mudanças que o personagem enfrentou para ser feliz. Isso já vale a leitura!
      Gosto mais de histórias com tramas, ação, suspense.
      Beijão, amada!

      Excluir
  7. Oi meninas! Eu ainda não li nada do Sparks, mas, achei bem interessante a resenha, já vi filmes baseados nos livros dele e adorei, sou chorona ao extremo, e chorei pra caramba em " Um amor pra recordar", com os livros provavelmente não será diferente, talvez ainda mais emocionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, boa noite!
      Tenho certeza de que vai gostar. Mas para saber é bom mesmo experimentar e leitura. Muitos filmes perdem a essência dos livros durante a produção, mas é bom você dar uma conferida!
      Obrigada pela presença e pelo comentário.
      Beijos, querida!

      Excluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados