16 de abril de 2013

Resenha: Laços Inseparáveis da @Novo_Conceito



Olá envenenados,
Estou um pouco sumida, peço desculpas, mas vou tentar de tudo para voltar a estar com vocês em períodos mais breves.
Hoje vou falar sobre o apaixonante livro “Laços Inseparáveis” da autora Emily Giffin. Esta é a primeira obra que leio dela, mas admito que estou encantada, sua escrita é apaixonante e envolvente.



Laços Inseparáveis


Autora:
 Emily Giffin

Editora:
 Novo Conceito 

Ano:
 2012

Número de páginas: 448








Sinopse
Marian Caldwell é uma produtora de televisão de 36 anos, vivendo seu sonho em Nova York. Com uma carreira bem-sucedida e um relacionamento satisfatório, ela convenceu todo mundo, inclusive si mesma, que sua vida está do jeito que ela deseja. 
Mas uma noite, Marian atende a porta... para apenas encontrar Kirby Rose, uma garota de 18 anos com a chave para o passado que Marian pensou ter deixado para trás para sempre. Desde o momento que Kirby aparece na sua porta, o mundo perfeitamente construído de Marian — e sua verdadeira identidade — será chacoalhado até o fim, fazendo ressurgir fantasmas e memórias de um caso de amor apaixonado que ameaça tudo para definir quem ela realmente é.

Para a precoce e determinada Kirby, o encontro vai provocar um processo de descobrimento que a leva ao começo da vida adulta, forçando-a a reavaliar sua família e seu futuro com uma visão sábia e doce.


Enquanto as duas mulheres embarcam em uma jornada para encontrar o que está faltando em suas vidas, cada uma irá reconhecer que o lugar ao qual pertencemos normalmente é onde menos esperamos nos encontrar — um lugar que talvez forçamos a esquecer, mas que o coração se lembra eternamente.

      

            Esse adorável livro conta a história da produtora de TV bem sucedida Marian Caldwell, que acredita estar vivendo o momento mais perfeito de sua vida, tem um relacionamento estável (que está a ponto de passar para aproxima fase – o casamento) com Peter que é executivo na emissora em que ela produz sua série de TV, mora em um luxuoso e confortável apartamento e tem a vida que sempre sonhou.
            O que Marian não contava é que o passado batesse a sua porta, com a exposição de um segredo que ela acreditava estar bem guardado e que não faria mais parte de sua vida. Esse segredo vem na forma da jovem Kirb Rose, que ao completar 18 anos, contrariando o que havia prometido a sua família adotiva, sai em busca de sua mãe biológica.
            Kirb Katherine Rose é uma típica adolescente que desde bem pequena foi informada de sua situação de filha adotiva, sempre com muito amor por seus pais. Ao procurar Marian, Kirb não buscava uma “mãe”, pois seus pais adotivos sempre foram companheiros e a trataram com carinho, mas sim, uma tentativa de se encaixar no mundo, completar as lacunas de seu passado.
“ ... – Você não precisa de um motivo – afirmo.Ela me olha de um jeito que não entendo, e fala: - Eu só... precisava te conhecer...eu sentia que... tinha uma coisa faltando... você entende... não saber... de onde eu vim e essas coisas...”(Diálogo entre Marian e Kirb – pág.73)
            
Superado o impacto (para não dizer desconforto) dos primeiros encontros, Mariam e Kirb decidem encontrar o pai biológico de Kirb – Conrad Knight, que desconhece a existência da filha levando a uma jornada de autoconhecimento e amadurecimento mútuo.
            A narrativa é feita de forma maravilhosa em primeira pessoa, onde as duas protagonistas se revezam a cada capítulo e com isso vamos conhecendo aos poucos tanto o que se passa no presente quanto no passado de ambas. Essa dinâmica nos dá a impressão de confidentes e nos aproxima das personagens.
            Como sempre a Novo Conceito nos presenteia com uma edição primorosa. 
Quanto à capa, de início não entendi bem o motivo da paisagem, mas ao terminar de ler, percebi que ela remete ao local de infância de Marian e Kirb, que mesmo em estados diferentes, ambas cresceram em cidades pequenas.
            Um livro que trata de relacionamentos com franqueza e de forma madura. Marian e Kirb no decorrer do livro se deparam com questões importantes sobre adoção que são abordadas e esclarecidas. Sentimentos são revividos, aprendidos e compartilhados, mostrando que os laços de afeto verdadeiro são inseparáveis.
            Recomendo este livro de leitura agradável que cativa quem o lê, e creio, que assim como eu, sentirão vontade lê-lo novamente.
Quer se aventurar? Compre aqui!

Beijos, até a próxima!

19 comentários:

  1. Nossa, eu não daria nada por esse livro!!! Achei que fosse um desses romances meio chatinhos. Mas que bom que ele é legal, até me interessei pela trama depois de ler a sua resenha! Acho que vou acrescentar esse livro na minha lista.

    beijos
    Kel
    http://porumaboaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nada da autora, mas tenho dois livros dela aqui. Pretendo lê-los em breve, não conhecia a história desse e fiquei encantada... as edições da Novo Conceito realmente arrasam!
    Beijos
    http://tyelehopes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A capa é até bonita mas, não me chamou a atenção. Mesmo assim, pela resenha, parece ser um drama familiar que eu leria (estou um tanto enjoada de drama em família).

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha me apaixonado a primeira vista pela capa dele, agora estou apaixonada pela história! Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha por medo de me decepcionar.. hehe. Agora eu quero muito ler!

    ResponderExcluir
  5. Já li um livro da autora e fiquei muito feliz quando a editora lançou outro, ela tem uma narrativa gostosa e sem pressa de nos apresentar os fatos o que é muito legal. Já estou encantada com a história contada por você, o livro parece ser apaixonante e acredito que passa uma moral por conta de seu contexto. A capa eu acho simples e linda, amei.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  6. Muito legal esse livro dela, querendo ver se leio o meu em breve. Eu gosto, achei a história bem legal seguindo o ritmo das histórias dela, pra mim é bem bom.

    ResponderExcluir
  7. Este é um dos livros que mais tenho curiosidade em ler, talvez pelo tema da adoção, talvez pelas questões emocionais e psicológicas desencadeadas por isto. De qualquer forma, fico feliz em saber que a autora foi feliz na narrativa e construção dos personagens, assim como na sensibilidade, sem dramalhão mexicano. rs
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu demorei mais ou menos 1 mês pra terminar o livro e achei bem parado no começo! Depois que a Kirby volta pra casa e elas começam a conversar é que eu me interessei e fiquei bastante curiosa pra ler cada página atrás da outra e não dar mais pausa!O livro mostrou, pelo menos no meu ponto de vista que se você tiver mais liberdade pra conversar com os pais sobre tudo e ter uma situação como a adoção aberta desde o princípio é bem legal e não causa muitos traumas posteriores! O relacionamento dos pais biológicos/reais da Kirby foram bem engraçados e acho que a autora ficou de parabéns, porque acho que tudo que ela conta no livro pode ser o exemplo de uma família do mundo 'real'! Muito bom! Apesar da falta de interesse no início, do meio para o fim eu também recomendo pra leitura! XD

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um livro gostosinho, eu ainda não tenho, e mto menos li livros da Emily, mas um dia chego lá, afinal ela é mto comentada, e sempre quero ter uma opinião a cerca desses autores pops =]

    Qt ao livro o passado nunca fica no passado, no mínimo fica guardado em nosso inconsciente e pode ser acessado a qualquer momento com riqueza de detalhes!

    miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  10. quero muito ler esse livro, Emily escreve demais! e adoro as historias dela

    ResponderExcluir
  11. Já li muitas resenhas que falam bem do livro e da escritora.
    Ainda não li nada da Emily e quero muito ler. Saber mais sobre sua escrita.

    Beijinhos**

    ResponderExcluir
  12. Desde que a Novo Conceito divulgou o livro eu me instiguei, não sei porquê. Até então, não tinha lido ou ouvido falar desse livro ou da autora haha Acredito que seja mesmo uma leitura leve e agradável pelo tema ser bem legal e abrir portas para a abordagem de vários assuntos.
    Acho que deve ser um daqueles livros que se pega pra ler pra sair de uma ressaca literária ou após ler um livro mais denso e com temática mais difícil.

    ResponderExcluir
  13. Me apaixonei por esse livro logo que vi a capa, e por ser da Emily Giffin que é uma autora que eu amodoro, nao pensaria 2 vezes para le-lo! Adoro historias que falam das relações humanas, dos problemas e rasteiras da vida, adorei saber que esse livro fala sobre adoção e sentimentos, enfim, um livro que contam, mesmo que na ficçao, uma historia que realmente pode acontecer com qualquer pessoa, amei sua resenha, quero ler logo!

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li nada da Emily Giffin, acredita?
    Mas eu tenho este livro, só está aqui me esperando! Não tive coragem de começa-lo ainda, mas depois de ler sua resenha fiquei bem curiosa em relação a história! Pretendo ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  15. Até hj só li um livro da emily, o noivo da minha melhor amiga, mas acho que quando eu ler esse irei gostar muito. Adoro livros realistas que tem esse drama logo no incio. E o que achei mais legal nesse é que geralmente no fim sabemos quem é os pais e nesse vemos o que acontece demais, genial!
    Esse tá aki me esperando, espero ler em breve.
    Bj

    ResponderExcluir
  16. E mais uma vez novo conceito arassando haha Achei interessante fazerem um livro falando da adoção e isso me lembra muito o drama na novela Salve Jorge, mas me pareceu bem interessante e bonita a historia. Ainda não li nenhum livro da Emily apesar de ter um na minha instante. Também não havia entendido a capa obrigada por ter explicado, é isso ai beijos da Lari

    ResponderExcluir
  17. Que blog mais fofo, primeira visita de muitas com certeza.
    Sobre a resenha fiquei bem curiosa pra ler esse livro, provavelmente será minha próxima leitura.

    Meus livros, minha história
    @Blogmeuslivros

    ResponderExcluir
  18. Meu exemplar chegou ontem pelo Submarino. Embora eu tenha me apaixonado de cara pela sinopse, ainda não tinha lido nenhuma resenha. Ler a sua me deixou ainda mais curiosa e eu estou com a sensação de que vou devorar esse livro em poucos dias :)

    Adorei o blog, lindo demais :)

    Beeijo
    Jéssica
    http://www.estoriasecafe.com/

    ResponderExcluir
  19. Adorei conhecer seu cantinho. Li Laços inseparáveis e gostei muito, por esse motivo eu o indiquei aos seguidores do meu blog e sucessivamente indiquei sua resenha que ficou ótima. Bjs e ótima semana.

    ResponderExcluir

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados