13 de janeiro de 2013

Resenha: Cinquenta tons mais escuros da @Intrinseca

Hey Envenenadas, tudo bem com vocês? 

Hoje venho com uma missão quase que impossível... resenhar o fenômeno editoral de 2012. 

A continuação de Cinquenta tons de cinza!!

Para quem ficou sem fôlego com o final do primeiro volume, prepare-se pois a continuação não fica atrás...






Cinquenta tons mais escuros


Série:
 Trilogia Cinquenta tons de Cinza - vol.02

Autora: 
E.L. James

Editora:
 Intrísenca

Páginas:
 485

Ano:
 2012






Sinopse:


Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua nova carreira, numa editora de livros. 

Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir.

Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. 

Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.






Com o fim do relacionamento, Ana e Grey ficam desolados, tentando sobreviver um dia de cada vez longe um do outro. Abusando de seu poder financeiro, mais uma vez, Christian convence Anastásia que a melhor maneira dela ir à mostra de seu amigo Jose é com ele. Sem muitas opções ela aceita.

Para tê-la de volta, Grey acaba abrindo mão de parte do seu lado dominador, tentando provar a Ana (e a ele mesmo) que consegue ter uma relação regada a "flores e corações". É aí que a coisa fica interessante, todo aquele erotismo concentrado no primeiro livro sai um pouco de cena, dando lugar a lembranças e revelações sobre o passado de Christian. O crescimento do casal torna-se tão intenso que muitas vezes fiquei sem ar.

Sim! O livro é cheio de repetições e a "Deusa Interior" da Ana não morre de tanto prazer, mas e daí? O que Cinquenta tons mais escuros tem de melhor é a virada de jogo; ver o poderoso e lindo Christian Grey de joelhos submisso ao amor da Anastásia é o ponto alto, é uma ponte de ligação e esclarecimento do primeiro para o último livro.

A carga emocional em alguns capítulos é tão grande que no final suspirei aliviada ao ver que o Christian possessivo, controlador, dominador ainda existia e estava pronto para punir quando as coisas não saiam como ele planejou.







Compre aqui: 


P.S.: Cada volume da trilogia conta com um playlist muito eclético, que vocês podem conferir AQUI.

Um comentário:

Destile seu veneno, comente!

Ou receba as atualizações no seu email:

Delivered by FeedBurner

Posts Recentes

Últimos Comentários

As envenenadas pela maçã Ѽ by TwilightGirls RJ Ѽ - Copyright © 2012 - Todos os Direitos Reservados